Publicado há 6 meses • 2 min para ler

O que é uma glândula endócrina e como “ela fica doente”?

Por Thati Pedroso, Médica Veterinária, Mestre, @thatipedroso.endocrino

Glândula endócrina é o nome dado a um conjunto de células que possuem funcionamento especializado com capacidade de produzir, armazenar e liberar no sangue, substâncias conhecidas como hormônios. Esses hormônios são substâncias químicas com habilidade de circular pelo organismo e produzir efeitos em diversos órgãos do corpo, mesmo que distantes de seu local de produção.

Com essas definições em mente, podemos imaginar o que acontece quando uma glândula endócrina fica doente. Ela pode não conseguir produzir adequadamente (hipofunção) seus hormônios ou os produzir de forma exagerada (hiperfunção).

Cães e gatos têm todas as glândulas endócrinas que nós também temos: pineal, hipófise, tireoide, paratireoides, pâncreas, adrenais, tecido adiposo, ovários e testículos. A maioria das glândulas é coordenada pela hipófise (glândula mestre) e outras são controladas por substâncias circulantes (por exemplo, glicose, cálcio). 

Imagem 1. Glândulas endócrinas. (Fonte: www.merckmanuals.com)

As hiperfunções podem acontecer pelo estímulo exagerado a partir da hipófise ou por alterações que acometem a própria glândula (hiperplasia ou tumores por exemplo, na hipófise ou na glândula endócrina periférica). Também ocorrem casos de administração externa de hormônios de forma exagerada.

O oposto também ocorre nas hipofunções, quando há falta de estímulo da hipófise ou quando as próprias glândulas são agredidas a partir da ocorrência de outras doenças no organismo (infecciosas, imunomediadas, vasculares). Algumas doenças genéticas também podem prejudicar a produção e liberação de certos hormônios desde o nascimento.

As glândulas endócrinas poderão ser afetadas por mecanismos ou doenças não hormonais que bloqueiam o funcionamento dos hormônios em seus locais-alvo e até mesmo por medicamentos que inibem ou estimulam seu funcionamento.

Uma glândula endócrina hipofuncional ou hiperfuncional prejudicará os efeitos esperados no organismo levando a condições de doenças conhecidas como endocrinopatias. No caso dos pets, cada uma delas terá uma forma de diagnóstico e tratamento específica, que poderá ser orientada melhor por um Médico Veterinário especializado em Endocrinologia de Cães e Gatos.


  • Compartilhe:
Inscreva-se em nosso informativo e receba novidades todas as semanas sobre nossos produtos.
Open chat
Como podemos te ajudar?