DrogaCare
Product ID: 1115
Product SKU: 1115
New In stock
Composto Auxiliar da Menopausa 120 cápsulas

Composto Auxiliar da Menopausa 120 cápsulas

Marca: DrogaCareDisponibilidade: Imediata

Por:
R$ 169,50

ou 3x de R$ 56,50 Sem juros
 
Simulador de Frete
- Calcular frete

O AGNUS CASTUS é indicado para problemas menstruais, tais como amenorréia, dismenorréia, síndrome pré-menstrual, menopausa, transtornos consecutivos a uma hiperfoliculinemia ou hiperprolactinemia; nas distonias neurovegetativas, tais como ansiedade, insônia, palpitações, taquicardia e vertigens; nos espasmos gastrintestinais, externamente aplicados sobre feridas.

A CIMICIFUGA RACEMOSA age como moduladores seletivos de receptores estrogênicos. O aumento do hormônio luteinizante (LH) que ocorre com a redução dos níveis de estrogênio é uma das causas dos sintomas da menopausa. Uma redução no nível de LH reduz os sintomas climatéricos, como rubor, ondas de calor, suor excessivo e alterações depressivas de humor.

A AMORA são frutos formados pela agregação de vários frutos menores denominados dupret, sendo encontrada em regiões da Europa, Ásia, América do Norte e do Sul.


Desde há muito tempo tem sido estudados pelos especialistas os vários benefícios desta fruta, sendo conhecida por sua ação refrescante, anti-inflamatória, emoliente e anti bacteriana. Além de poder ser usada no tratamento do acne e erupções cutâneas, a amora tem uma ação antioxidante devido a presença do ácido elágico e também é rico em cálcio sendo muito usado para tratamento da osteoporose. Contudo, nos dias de hoje, o principal benefício da amora está na regulação dos hormônios. Desta forma, além de poder tratar a irritação, ansiedade, nervosismo, memória fraca, dores musculares e nas articulações, atua com grande eficácia nos sintomas da menopausa.

Indicações:

Melhora os sintomas da menopausa;
Melhora a qualidade do seu sono;
Trata o reumatismo, gota e artrite;
Trata a osteoporose;
É hipoglicemiante, antidiarréica e cicatrizante;
Trata da ansiedade e irritação, incluindo suores frios;
Menstruação irregular ou ausência;
Ondas de forte calor;
Palpitações cardíacas;
Alterações de humor;
Possível aumento do peso e acúmulo de gordura na região abdominal;
Dores de cabeça mais frequentes;
Dor na musculatura corporal;
Ansiedade ou até mesmo depressão, dentre outros.

Composição
Agnus Castus                  200mg
Cimicufuga rancemosa   200mg
Amora Ext Seco               150mg
Excip   qsp                  1cap

Modo de Usar
Tomar 1 dose uma vez ao dia

Validade
4 meses

Informações ao paciente

Pode causar reações alérgicas, dores de cabeça e aumento do fluxo menstrual.
É contraindicado o uso para mulheres com déficits metabólicos de FSH e para aquelas que estejam fazendo tratamento com hormônios femininos.


1. Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.
2. Imagens meramente ilustrativas.
3. Pessoas com hipersensibilidade à substância não devem ingerir o produto.
4. Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.
5. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.
6. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.
7. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
8. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica.
9. Embora não existam contra-indicações relativas a faixas etárias, recomendamos a utilização do produto para pacientes de idade adulta.
10. Siga corretamente o modo de usar. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica.
11. O uso do medicamento durante o período de amamentação também não é recomendado.
12. Este medicamento não deve ser utilizado por menores de 18 anos sem orientação médica.
13. "SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO".

Referência
ALONSO, J. Tratado de Fitofármacos y Nutracêuticos. Ed. Corpus, 2004.
CAIRO. Guia de Medicina Homeopática. 1983. COIMBRA, R. Manual de Fitoterapia. 2ª ed, Cejup, 1994.
EWALL, C. A.; ADERSO, L. A.; PHILLIPSO, J. D. Herbal Medicines –A guide for health-care professionals. 1996.
LORENZE, H., Mattos, F.J.A., Plantas Medicinais no Brasil – nativas e exóticas. Instituto Plantarum de Estudos da Flora Ltda, 2002

 

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características