DrogaCare
Product ID: 1059
Product SKU: 1059
New In stock
Spirulina 500mg  30 Cápsulas

Spirulina 500mg 30 Cápsulas

Marca: DrogaCareDisponibilidade: Imediata

De R$ 25,00
Por:
R$ 17,50
Economize  R$ 7,50

ou 1x de R$ 17,50 Sem juros
 
Simulador de Frete
- Calcular frete

A Spirulina é um alimento completo, rica em vários nutrientes, que pode ser utilizado como suplemento dietético (inclusive para evitar a desnutrição). A Spirulina também serve de fonte alternativa de proteína (ela tem teor proteico maior do que a própria carne vermelha), o que ajuda a complementar a dieta dos vegetarianos. As apresentações da cianobactéria mais comuns, em se tratando de consumo humano, são os comprimidos, as cápsulas e o pó. Vale destacar que ela também pode ser utilizada como ingrediente de medicamentos tônicos. A Spirulina em flocos é mais usual nas formulações de rações para peixes. 


Benefícios da Spirulina para a saúde e boa forma

A Spirulina ajuda a emagrecer: a deficiência de nutrientes em geral estimula uma maior ingestão de alimentos, como uma tentativa do nosso corpo se abastecer daquilo que está faltando. Por si só, este já é um forte motivo para você passar a consumir a Spirulina e com isso evitar o ganho de peso (ela supre uma boa parte das nossas necessidades nutricionais diárias e sem acrescentar quantidades significativas de calorias para isso). Os benefícios da Spirulina em prol do emagrecimento também são proporcionados pelo seu grande conteúdo de proteínas, cuja digestão é lenta o que faz você se sentir mais saciado, reduzindo o apetite. 


Ajuda a desintoxicar o organismo: como último exemplo dos benefícios da Spirulina, temos a sua capacidade de ajudar o organismo a se livra de substâncias potencialmente tóxicas. Ela apresenta uma combinação única de fitonutrientes, como a ficocianina, que podem ajudar a limpar nossos corpos. Uma patente da Rússia foi premiada pela utilização da Spirulina como alimento contra as reações alérgicas de doença da radiação. Durante um período de 45 dias, 270 crianças de Chernobyl (cidade ucraniana onde ocorreu um acidente nuclear) fizeram o consumo diário de 5g de Spirulina. Isso levou a uma diminuição dos radionuclídeos em 50% e a uma normalização da sensibilidade alérgica. Em países como Blangadesh, milhares de pessoas são contaminadas por arsênio através da própria água potável. Em um estudo, 24 doentes afetados pelo arsênio consumiram 250 mg de Spirulina e 2 mg de zinco, duas vezes ao dia. Os resultados foram comparados com 17 pacientes que receberam o placebo. Foi observado que essa associação de Spirulina e zinco promoveu uma redução de 47% do arsênio no corpo desses indivíduos. 


Boa para os músculos: o alto teor de proteínas também faz da Spirulina um aliado daqueles que desejam ganhar massa magra, já que este é um macronutriente fundamental para a construção e a reparação do tecido muscular. Além disso, a cianobactéria apresenta compostos com atividade antioxidante (compostos fenólicos, tocoferóis, betacaroteno, ficocianina etc), o que parece conter a fadiga muscular (os danos oxidativos induzidos pelos exercícios são um dos principais fatores para a ocorrência da mesma). De acordo com dois estudos, a Spirulina ajuda a aumentar a resistência, isto é, ela aumenta o intervalo de tempo que as pessoas levam para se sentirem fatigadas. Já outra pesquisa, feita com atletas universitários, relata que a suplementação com a cianobactéria aumenta a força muscular, mas não afeta a resistência. 


Ajuda a controlar a glicemia: Pesquisas em animais têm mostrado que a Spirulina pode diminuir de forma considerável o nível de açúcar no sangue. E, em algumas situações, a cianobactéria foi até mais eficaz do que drogas contra a diabetes (como a metformina). Em um estudo realizado em humanos, que contou com a participação de 25 pacientes portadores de diabetes do tipo 2, a ingestão de 2 g de Spirulina também ajudou a reduzir a glicemia. 


Ajuda o sistema imunológico: Os benefícios da Spirulina para o fortalecimento do sistema imune vêm se consagrando cada vez mais, como mostra uma pesquisa feito Departamento de Agricultura em Taiwan. No estudo, antes de transferir camarões brancos à água do mar de pH 6,8, os pesquisadores deixaram os mesmos expostos à água do mar que também continha um extrato de água quente com Spirulina. Vale destacar que os animais do grupo controle não entraram em contato com a cianobactéria. Os resultados revelaram que os camarões que receberam a “dose” de Spirulina se recuperam mais rapidamente do pH elevado da água do mar. Já a pesquisa publicada no “Journal of Applied Phycology” dividiu 11 portadores de HIV, que nunca utilizaram antirretrovirais, em 3 grupos: um que fez o consumo diário de 5 g de algas marrons, grupo dos que ingeriram 5 g de Spirulina e outro que recebeu uma combinação das algas com as cianobactérias. Após 3 meses de estudo, foi constatado que nenhum dos participantes experimentou efeitos adversos e que tanto as células do tipo CD4 (células de defesa que são alvos do vírus HIV) e a carga viral mantiveram-se estabilizadas. 


Composição
Spirulina       500mg 
Exipiente qsp 1 cap


Modo de Usar
Tomar até 3 cápsulas ao dia, preferencialmente nas refeições 


Validade
4 meses


Informações ao paciente
1. Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.
2. Imagens meramente ilustrativas.
3. Pessoas com hipersensibilidade à substância não devem ingerir o produto.
4. Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.
5. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.
6. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.
7. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
8. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica.
9. Embora não existam contra-indicações relativas a faixas etárias, recomendamos a utilização do produto para pacientes de idade adulta.
10. Siga corretamente o modo de usar. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica.
11. O uso do medicamento durante o período de amamentação também não é recomendado.
12. Este medicamento não deve ser utilizado por menores de 18 anos sem orientação médica.
13. "SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO".

 

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características